Dentre os custos de produção na avicultura de corte, a manutenção com máquinas e equipamentos é um deles. Mas saiba que é possível reduzi-lo com o planejamento de algumas ações

Uma das formas de diminuir esse custo é realizar a manutenção preventiva, ao invés de corretiva. Você sabe a diferença entre as duas?

Na manutenção preventiva, toda ação acontece de forma sistemática no controle e monitoramento, com o objetivo de reduzir ou impedir falhas no desempenho de equipamentos, máquinas ou estrutura.

Nela, a manutenção é programada, sendo realizada com determinadas horas e datas definidas, ou seja, essa ação é executada com a máquina tendo problema ou não. Assim, é verificada a necessidade da troca de peças ou se é possível manter por mais um lote.

Já a manutenção corretiva é realizada com o objetivo de restaurar as condições iniciais e ideais de operação das máquinas e equipamentos, eliminando as fontes de falhas que ocasionaram os problemas.

Nesse caso, a ação acontece somente quando há a necessidade de corrigir um problema que já ocorreu e que geralmente precisa ser sanado em poucas horas.

Um dos motivos pelos quais você deve realizar essa manutenção é poder identificar situações antes que elas se tornem um problema. Exemplo: evitar a parada ou quebra do equipamento durante o andamento do lote.

Por isso, a ação preventiva vem como uma estratégia inteligente: eliminar gastos desnecessários.

Veja algumas sugestões que listamos para você se planejar e efetuar:

  • Liste todos os equipamentos que possam comprometer o desempenho da produção de frangos;
  • Determine a frequência com que será realizada cada manutenção;
  • Tenha registros de todas as manutenções realizadas ao longo do tempo;
  • Determine um responsável pela manutenção, gerenciando-o para tomar a decisão no momento certo.

Equipamentos que devem receber esse tipo de manutenção:

Todos os equipamentos que possam comprometer o desempenho da produção de frangos precisam estar com a manutenção adequada.

Isto inclui: máquinas, equipamentos, exaustores, geradores de energia, aquecedores, linha de comedouros, bebedouros, sistemas de ventilação, inlets, placas evaporativas, etc.

Intervalo ideal entre uma manutenção e outra:

Não são todos os itens que precisam ser revisados nos lotes. Alguns deles que você precisa prestar atenção são:

  • A cada seis meses (troca de óleo): exaustores, motor dos silos e redutores.
  • Inspecionados em todo início de lote: linha de comedouro, linha primaria, linha do silo, campânulas e cubo de aquecimento.

Por isso, ter bons registros é fundamental para monitorar se a mesma máquina continua com falhas ou se necessita maior manutenção em relação às outras.

Vantagens que essa ação proporciona:

– Auxilia na redução dos custos: impede a quebra do equipamento durante o andamento do lote, evitando assim prejuízos com altos custos de manutenções, bem como, a perda de tempo com o sistema de produção sem operação.

– Aumenta a confiabilidade: faz com que o equipamento opere sempre próximo das condições ideais.

– Segurança de que o produtor rural chegue ao final do lote sem preocupações.

Analisando custos x benefícios:

Com o passar do tempo, é possível analisar os custos e benefícios de se realizar a manutenção preventiva. Para isso, um sistema de gestão pode te auxiliar.

O produtor rural que gerencia sua propriedade através de um software consegue acompanhar o andamento do negócio, sendo possível identificar onde estão os gargalos e assim tomar decisões assertivas para evoluir nos processos.

Um sistema de gerenciamento da propriedade é fundamental porque contribui para que você olhe para os custos de forma detalhada, entendendo o quanto cada despesa representa.

Assim, é possível o produtor comparar ano a ano os resultados de suas tomadas de decisões, podendo medir o motivo por ter tido lucro ou prejuízo, e entender o que deu certo e errado.

Dentre outros, o produtor pode acompanhar não só os custos com manutenções, mas todos os outros custos que são inerentes ao negócio.

Note na tela abaixo como é simples de visualizar e analisar os resultados através do eProdutor.

Quer saber mais como uma plataforma de gestão rural pode revolucionar os processos na avicultura de corte? Converse com um dos nossos especialistas: www.eprodutor.com.br | contato@eprodutor.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *