As particularidades de uma propriedade rural, agrega uma maior complexidade para realizar uma gestão eficiente, porem essa complexidade pode ser simplificada com o emprego de técnicas gerenciais, muitas delas simples e compatíveis com a realidade do negócio. Além do conhecimento técnico sobre os processos de produção agropecuária, é fundamental que os produtores rurais incorporem instrumentos de gestão, como planejamento das atividades produtivas e gerenciamento financeiro de cada atividade, duas importantes ações na busca pela competitividade.

A elaboração e implementação do planejamento são oportunidades para os gestores avaliarem os fatores internos e externos que influenciam no desempenho da propriedade, determinarem as metas e como elas serão alcançadas. Para entender melhor temos um artigo explicando as etapas do planejamento rural.

A outra estratégia abordada é a gestão financeira, cujo objetivo é o aumento do gerenciamento e competitividade nos mercados em que atua e a possibilidade de identificar o momento certo para investir ou diversificar as atividades. Ter o controle financeiro ajuda a identificar os gargalos de produção, facilitando a tomada de decisão se baseando em dados passados da propriedade. A gestão financeira ainda traz outras vantagens como ter os dados organizados para solicitação de crédito ou seguros. É o modo mais seguro para fazer sucessão familiar e identificar oportunidades de crescimento a médio e longo prazo.

Para ter maiores chances de sucesso no seu empreendimento, é fundamental que o gestor se capacite continuamente, busque informações de qualidade e utilize ferramentas de gestão compatíveis com a realidade do seu negócio.

A informação é a essência da tomada de decisão de um gestor. É preciso fazer o diagnóstico da situação, planejar os passos e depois agir. Para isso, a qualidade das informações é fundamental. Porem no que se refere ao uso das informações, é importante registrar e armazenar as informações internas e externas utilizadas. O registro e o armazenamento de informações devem ser sistematizados de forma a possibilitar a fácil consulta quando necessário. O simples registro desordenado de informações não agrega valor à gestão da propriedade rural, apenas toma tempo e ocupa espaço.

Por fim o produtor rural deve ter o hábito de resgatar informações para comparar o desempenho atual da propriedade com o do passado, identificar as possíveis causas de problemas e analisar os resultados das ações colocadas em prática.

One thought on “Agregando valor nos Empreendimentos Rurais

  1. Pingback: Sucessão familiar: tecnologia ajuda a manter as atividades no agronegócio - eProdutor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *